segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Cineas

Aos meus 2 ou 3 leitores um poeminha do mestre Cinéas Santos, para mim, o maior escritor vivo (porém não muito segundo ele). As crônicas dele, escritas aos domingo no caderno Metrópole do jornal O Dia são apenas geniais. Leio-as 2 vezes: para fazer a ilustração e no jornal de domingo.

DESENCONTRO

Se eu disser mais do que convém,
esqueça.
Se eu disser menos do que deva,
acresça.
É que, em matéria de amor, eu sou assim:
um pouco mais
um muito menos...
eu nunca sei o ponto certo,
principalmente se você está por perto.

Cinéas Santos

2 comentários:

Luinaldo disse...

Opa Professor sou Luinaldo soares e gostaria muito que Senhor leia alguns dos meus poemas, seria muito gratificante um critica sua sobre os poemas q faço. E uma sugestão seria interessante que o Senhor criace um espaço no site da oficina da palavra para que nós escritores desconhecidos piauienses podesse colocar la nossos textos para que alguem possa deichar la uma critica. Professor gostaria muito qque o senhor respondesse essa minha mensagem me enviando um email que o meu é luinaldos@hotmail.com e pudesse me mandar o seu email para que eu pudesse lhe enviar alguns de meus textos.

Luinaldo disse...

Opa Professor sou Luinaldo soares e gostaria muito que Senhor leia alguns dos meus poemas, seria muito gratificante um critica sua sobre os poemas q faço. E uma sugestão seria interessante que o Senhor criace um espaço no site da oficina da palavra para que nós escritores desconhecidos piauienses podesse colocar la nossos textos para que alguem possa deichar la uma critica. Professor gostaria muito qque o senhor respondesse essa minha mensagem me enviando um email que o meu é luinaldos@hotmail.com e pudesse me mandar o seu email para que eu pudesse lhe enviar alguns de meus textos.